segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

mais um “quem sou eu”

música e poesia.. 
ânsia, desejo.. 
pensar-sentir. 
medo.. 
e uma saudade imensa de tudo o que eu ainda não vi, não vivi. 
vivendo de euforia e depressão... 
tudo muito intenso, mesmo o que não chegou a ser. 
um grande amor por todas as coisas.. pessoas.. empatia. 
o sentir-se pequeno, sentir-se só.. 
o sentir-se abestalhado, de tão feliz.. 
a perplexidade diante do inexplicável da vida... 
e a certeza de que a resposta não me cabe na palma da mão. 
às vezes é difícil delimitar onde começa o outro e termina o eu... 
isso talvez explique muita coisa... 
eu, com todas as minhas incompletudes. 
e medos e ânsias e desejos e saudades 
e a incerteza da constante mudança... 

22/05/2010